Por Favor aguarde...
 
   Lembrar dados
 
   Esqueci-me da password
 
 

  Segunda-Feira, 11 de Agosto de 2008


Sudoeste 2008 - as duas raínhas
publicado por Miss Violett
 
Votar
  |   Comentários (1)   |    Enviar por e-mail Enviar por e-mail


Sudoeste 2008 - as duas raínhas

As duas primeiras noites tiveram realeza feminina no palco principal do sudoeste: Bjork e Allison Goldfrapp.


Porém, antes de continuar, aviso já que a minha crítica vai ser totalmente parcial (não porque mentir), por 3 pequenas razões:

1. só estive presente no festival nas primeiras duas noites;

2. só assisti os concertos (alguns) do palco principal;

3. fui ao sudoeste sobretudo para assistir a Bjork e Goldfrapp.


Está revelado, na noite de 7 de Agosto, Bjork liderou um espectáculo divinal com todo o tipo de efeitos de luz, cor, bandeiras, papelinhos e canhões de fumo. Na noite de 8 de Agosto, Allison foi mais simples mas igualmente deslumbrante.


Bjork não estava sozinha, para além do repurtório muito bem escolhido, fazia-se acompanhar por um baterista, 2 técnicos de reactables e a banda feminina de sopro auto-intitulada Wonderbrass. A entrada diz-se ter sido bombástica com sons tribais que apresentavam "Earth Intruders", primeiro single do mais recente Volta. Infelizmente estava ainda na fila da troca de bilhete por pulseira e não consegui ver as priemiras 3 músicas ("Pagan Poetry" e "Hunter"), pois os palcos secundárias abafavam o som vindo palco principal lá longe e com som demasiado baixo.

A compensação seguiu-se logo com "All is Full of Love", "Immature", "Who Is It", "I Miss You", "Pluto", alguns temas da banda sonora de Dancer in the Dark e muitas mais surpresas. No tema "Hope", Bjork convidou o rei da Kora Toumani Diabaté para tocar consigo, cujo contributo foi realmente memorável. O melhor tema da noite, porém, foi "Army of Me", completamente actualizado com novos sons potentes, um jogo de luzes verdes e um head banging geral (vídeo e baixo). Cenário que se assemelhava a uma conquista alienígena. Por fim, já em tempo de encore, Borjk despede-se com a prolongada "Declare Independence", tema muito bem escolhido para finalizar em grande e com a união do público (escasso, devo dizer) que se junto para gritar "raise your flag".

Apesar da sensação de pouco, todos os temas foram estremamente bem escolhidos para deixar um sabor muito doce de memórias. Mas a melhor notícia é que Bjork prepara-se para lançar um DVD ao vivo com todo o espectáculo desta nova digressão (quero um para o Natal!) gravado no Olympia Paris (22 temas ao vivo).



Vídeo Army of Me ao vivo no Sudoeste TMN 2008


(continua)


Comentários  0 Comentários
Adicionar Comentário

Não se encontram associados comentários a esta página
 
 

Que bandas achas que deveriam vir a Portugal este ano?

Ver Resultados
Links
Salas de Espectáculo

ZDB

Santiago Alquimista

Mini-Mercado

Musicbox

Lux

Coliseu dos Recreios

Pavilhão Atlântico

CCB

Culturgest


Festivais

Optimus Alive!'10

SBSR 2010

Rock in Rio Lisboa

Vilar de Mouros

Sudoeste TMN

Paredes de Coura

Super Bock Surf Fest

Festivais PT

Marés Vivas

Músicas do Mundo


Compra de Bilhetes

Ticketline

Bilheteira Fnac

Flur

Carbono


Organizadoras

Música no Coração

Everything is New

Ritmos

Ritmos e Blues