Por Favor aguarde...
 
   Lembrar dados
 
   Esqueci-me da password
 
 

  Quinta-Feira, 19 de Julho de 2007


Live - Arctic Monkeys + X-wife
publicado por Miss Violett
 


18 de Julho 2007

@ Coliseu dos Recreios



Get on your dancing shoes


ArcticMonkeysThere's one thing on your mind! Dançar, dançar e dançar!

Se há banda rock n´roll para dançar são os Artic Monkeys que transformaram o Coliseu dos Recreios numa super discoteca recheada de movimentos frenéticos e incansáveis. O ambiente era jovem, aliás era tão jovem que me fez sentir velha (pela primeira vez num concerto). Contudo havia uma ou outra alma mais velha, chegando até à idade paternal que se fazia acompanhar pelos filhos. Curiosa também a diversidade de estilos do público a que a banda agrada, miúdos e miúdas punk, indie e "betos", mais ou menos salteados por toda a sala e camarotes.


Diz quem chegou antes das portas abrirem que a concentração à entrada relembrava o concerto de Deftones em 2001, uma fila interminável de população em férias. Acredito que sim, não fosse o resultado um coliseu cheio e esgotado, quase sofocante por causa do calor e da agitação non-stop.


Mas abra-se então a pista de dança que já está tudo cansado de esperar e assobiar e bater as palmas e chamar pelos "macacos". "The View from the Afternoon" surge galopante, levando toda a plateia à exaustão logo nos primeiros minutos. Mas não havia tempo para descançar ou pensar nos graus abrasadores e nos corpos suados que insistiam em se pegar, "Brainstorm", o primeio single do mais recente album Favourite Worst Nightmare vem logo de seguida. Agora já não havia regresso, era cada um por si, tentando ganhar o seu espaço e desfrutar. Foram raros os momentos de calmaria, os rapazes estão na flor da idade e não lhes falta resistência. Tornaram assim a tarefa de escolher os momentos altos muito difícil, visto que o entusiasmo do público foi constante, reconhecendo tema a tema. Porém, ficou gravado o grito rebelde "don't want to hear you no, kick me out, kick me out" da "Fake Tales of San Francisco". Outros momentos: "Dancing Shoes", "I Bet You Look Good on the Dancefloor" ou "When The Sun Goes Down". Falta apenas referir a simpatia da banda, ou devo dizer do vocalista de 21 anos (oh my estou mesmo a ficar velha) Alex Turner que elogiou mais do que uma vez o público do Coliseu, agradecendo a sua presença. O espectáculo terminou sem encore, mas quem se pode queixar de cerca de hora e meia intensa, com poucos segundos para recuperar o fôlego? Bravo!


Bravo também para os X-wife! Ficalmente os X-Wife! Consegui assistir depois de tantas tentativas falhadas a um concerto inteiro e longo. Longo, porque para banda de abertura achei que tocararm realmente muito tempo, mas fizeram-no bem. Tiveram uma aceitação bastante entusiasta, sobretudo por parte dos fãs do Porto que fizeram questão de se identificar, tornando o concerto numa daquelas oportunidades tristes para gritar pela origem (seja Porto, Portugal, Lisboa, whatever). Pensava eu que o que interessava era a banda... silly me, afinal o que interessa é de onde venho. Foi puro electro-punk-rock, uma boa iniciação para o que haveria de chegar mais tarde.
 


 

Que bandas achas que deveriam vir a Portugal este ano?

Ver Resultados
Links
Salas de Espectáculo

ZDB

Santiago Alquimista

Mini-Mercado

Musicbox

Lux

Coliseu dos Recreios

Pavilhão Atlântico

CCB

Culturgest


Festivais

Optimus Alive!'10

SBSR 2010

Rock in Rio Lisboa

Vilar de Mouros

Sudoeste TMN

Paredes de Coura

Super Bock Surf Fest

Festivais PT

Marés Vivas

Músicas do Mundo


Compra de Bilhetes

Ticketline

Bilheteira Fnac

Flur

Carbono


Organizadoras

Música no Coração

Everything is New

Ritmos

Ritmos e Blues